6 cuidados ao fazer a vistoria de apartamento

6 cuidados ao fazer a vistoria de apartamento

Vistoria de apartamento deve ser feita com atenção.

Realizar a mudança de lar pode ser algo muito empolgante e uma conquista muito aguardada. Conseguir um lugar para chamar de seu ou apostar em um novo bairro ou em uma planta maior geralmente são motivos de muita satisfação. No entanto, antes de fechar negócio e pegar as chaves, os futuros moradores devem prestar muita atenção na vistoria de apartamento.

Para ajudar o comprador, reunimos aqui os seis principais cuidados que devem ser tomados nesse momento decisivo. Acompanhe!

O que é a vistoria de apartamento?

Quando se encontra o lar dos sonhos, a emoção, por vezes, tende a superar a razão. Por isso, quando o local da sua futura moradia for escolhido, deve-se prestar muita atenção no que se está acordando no papel, e, principalmente, na planta.

Isso quer dizer que é mais comum do que se imagina um apartamento ser apresentado como tendo 50 m2 e, na hora da medição, verificar-se uma metragem inferior. Ou, então, quando uma vaga de garagem é prometida no contrato e, na verdade, lá cabe somente um carro muito pequeno.

Por tudo isso, realizar a vistoria, isso é, verificar suas condições reais em termos de estrutura é uma ação fundamental antes da assinatura final em seu contrato.

Quais os 6 cuidados que tenho que ter na hora da minha vistoria de apartamento?

Em primeiro lugar, quando a data da vistoria de apartamento for marcada, comece a pensar em tudo que o ambiente tem e que precisa ser testado. Esse é o tipo de pensamento que você precisa ter em mente no momento de verificar todos os cantinhos do apartamento para que não ter nenhuma surpresa no futuro. Afinal, possíveis reparos podem ser negociados e arrumados antes mesmo da sua mudança.

  1. Esteja com o memorial descritivo em mãos

Esse é o documento oficial que a empreiteira ou a imobiliária deve fornecer ao futuro morador no momento da vistoria. Ali estão as informações completas como medidas e insumos que podem vir a ser verificados durante a vistoria.

Pense na possibilidade de levar um profissional familiarizado com construção civil e reparos junto com você para te ajudar a não esquecer de observer nada. E faça você mesmo uma check list de forma que seja possível anotar o que está conferindo, o estado de conservação de cada cômodo e se algo precisa de reparo.

  1. Observe com cuidado a pintura do local

Mesmo que a parede possa parecer perfeita, passe a mão em diferentes áreas para notar se está regular. Note, também, se ela apresenta alguma bolha de tinta ou se algum buraco foi mal tapado e somente pintado por cima.

  1. Teste a abertura e verifique o estado de portas e janelas

Abra e feche uma por uma as portas e janelas no momento da vistoria de apartamento. Nesses itens, você tem que procurar possíveis rachaduras, estado da pintura, se os puxadores não estão enferrujados, se as peças fazem algum barulho quando empurradas e se entra vento em locais que deveriam estar bem vedados.

  1. Se for possível, faça uma vistoria também na parte hidráulica e elétrica.

Muitas vezes, quando o apartamento é novo, ainda não estão ligadas as chaves de luz ou o registro de água do imóvel. Portanto, a vistoria acaba ficando um pouco mais difícil. Mas, se isso acontecer, lembre de deixar anotado no memorial que essas foram áreas não testadas, para que qualquer eventual problema possa se cobrado da empreiteira.

Se o imóvel não é novo, abra as torneiras, puxe a descarga, deixe a água correr no tanque e no chuveiro. Isso vai ajudá-lo a perceber possíveis problemas de gotejamento ou até infiltrações.

  1. Ouça com cuidado o piso ou revestimento

Em muitas vistorias de apartamento, o piso contratado ou que já vem instalado no imóvel permite que você faça um teste simples e eficaz: o do barulho. Note se, quando você pisar, há algum barulho ou pegue um cabo de vassoura e dê pequenas cutucadas em lajotas e porcelanatos em busca de locais ocos. Com a ajuda de uma bolinha de gude observe o assentamento do piso e confira se está plano, e nos locais onde há ralos, se tem um leve desnível para o caimento de água.

Observe, também, a cor do rejunte desses revestimentos, se é a mesma em toda a extensão ou se está com outra cor em determinada área, já que isso pode indicar alguma infiltração.

  1. Não esqueça de avaliar as áreas comuns do condomínio

Uma das grandes vantagens de se morar em condomínio é ter diferentes tipos de áreas de lazer. Entretanto, para que o local se mantenha, a taxa condominial pode ser bastante elevada. Pensando em confirmar se vale à pena o valor investido mensalmente com o que a estrutura oferece, faça uma visita por todos os cantos do terreno.

Por exemplo, se tem pracinha, confira se é adequada e segura. Observe se a quadra esportiva possui proteção. Em caso do condomínio oferecer piscina, veja se está limpa.

No momento que você assinar todos os papéis que lhe fazem o dono do espaço, reclamações de problemas internos e talvez invisíveis até aquela hora, podem passar a ser de sua responsabilidade. Por isso, todo cuidado é pouco. A vistoria de apartamento é uma análise criteriosa e de extrema importância para que você realize um sonho de moradia e não um pesadelo que lhe trará transtornos no futuro.

E então, agora ficou mais fácil planejar a vistoria de apartamento? Você tem alguma outra dica ou experiência para compartilhar? Deixe sua mensagem nos comentários!

Participe da discussão