8 dicas importantes para casais que vão comprar seu primeiro imóvel

8 dicas importantes para casais que vão comprar seu primeiro imóvel

Comprar o primeiro imóvel é um dos momentos mais importantes da vida. Há todo um apelo emocional envolvido.

A expectativa de finalmente deixar de pagar aluguel e morar no que é seu, os detalhes de decoração de cada ambiente, as particularidades do cantinho para receber os amigos, a família reunida na cozinha – os momentos simples que serão inesquecíveis.

No entanto, o que não se pode esquecer é que o investimento econômico também é grande. Por isso, o casal deve prestar muita atenção para não tomar decisões sem antes considerar alguns pontos muito importantes.

Para ajudar vocês a realizar o sonho do primeiro imóvel, nós separamos 8 dicas que vão facilitar sua jornada de compra. Aproveitem!

1 – Defina um orçamento

Já ouviu o ditado: seu sonho deve caber dentro do seu bolso? Pois é exatamente isso, o investimento na compra de seu primeiro imóvel não deve ultrapassar o limite de comprometimento da sua renda.

Para definir seu orçamento, relacione todos os pontos da sua realidade financeira:

  • Quanto dinheiro vocês têm em poupança
  • Qual a renda líquida mensal do casal
  • Reserva de emergência
  • Fontes extras de renda
  • Despesas fixas

Com base nesse levantamento fica mas fácil o casal ter uma ideia realista do quanto realmente poderá dispor.

2 -Escolha o modelo de imóvel desejado

Já sabe o quanto pode gastar, agora, é a hora de definir como será seu primeiro imóvel: novo ou usado.

Imóveis novos costumam ter preços mais altos e custos de manutenção mais baixos. Afinal, você será o primeiro morador e vai estrear o apartamento.

Por outro lado, ele são também mais adequados à vida moderna, já que a nova planta se adequam às mudanças da sociedade.

Já os imóveis usados têm preços mais baixos, mas podem exigir despesas com consertos e reformas, troca de materiais fora de uso, etc. Enfim, o gastos com manutenção e modernização costumam ser bem maiores.

Todas essas despesas devem estar previstas no seu orçamento.

3 – Decida a forma de pagamento (à vista, financiamento ou consórcio)

De acordo com os especialistas, o ideal é juntar o máximo possível de dinheiro para comprar o imóvel à vista e evitar pagar juros de financiamento.

Mas como a prática nem sempre acompanha o ideal, a realidade é que hoje o financiamento tem sido a forma mais fácil de comprar o primeiro imóvel.

Nesse caso, a dica é tentar dar a maior entrada possível para reduzir o tempo de pagamento – e, automaticamente, os juros a serem pagos.

Há ainda uma terceira opção: sistema de consórcio. Nele, as taxas são mais baixas, mas é preciso ter uma boa reserva monetária para dar um lance e pegar logo as chaves do imóvel.

Caso contrário, a média de espera para ser contemplado costuma ser de 120 meses.

4 – Pesquise muito – e em fontes diferentes

Por mais empolgado e com pressa que o casal possa estar, nunca compre o primeiro imóvel que gostar. Muito pelo contrário, pesquise muito para não se arrepender mais adiante.

Visite todos os sites disponíveis, vejam o máximo de ofertas que puder. Muito provavelmente você encontrarão o mesmo imóvel sendo ofertado por diferentes imobiliárias e com valores distintos.

Faça um tabelinha com os imóveis que se destacarem, confiram as características online e comecem uma maratona de visitas presenciais.

5 – Visitem alguns imóveis

Pela internet, através das fotos e algumas vezes vídeos, é possível ter uma boa noção sobre o imóvel, mas alguns detalhes só mesmo ao vivo. A ventilação e a iluminação, por exemplo, só podem ser observadas no local.

Caso perceba que não foi possível analisar tudo em uma única visita, não se acanhe e agende quantas forem necessárias. Aproveite e leve outras pessoas da família para ajudar nessa importante decisão.

6 – Muita atenção à localização do imóvel

Você se apaixonou pelo imóvel, mas não sabe como é a vizinhança? É preciso ter certeza que seu primeiro imóvel está localizado em um lugar agradável e seguro.

Procure passear pela região em dias e horários diferentes. Verifique se o local é muito barulhento, se é bem servido de transporte público, como é o comércio local e outros aspectos importantes para a sua rotina.

7 – Reserve dinheiro para os gastos com a documentação do imóvel

Da documentação, não tem como fugir. A burocracia para regulamentação e transferência de propriedade de um imóvel é alta, portanto, já preveja e considere no seu orçamento.

São inúmeras certidões e taxas que precisam ser entregues para efetivar uma transação imobiliária. Se informe bem antes de fechar qualquer negócio.

8 -Pesquise sobre a reputação da empresa que está vendendo

Não corra risco sem necessidade. Nem todas as construtoras são idôneas. Por isso, faça uma boa pesquisa. Pela internet mesmo é possível saber mais sobre a reputação da empresa no mercado, número de empreendimentos que ela já fez e entregou, etc.

Seguindo estas dicas, comece a planejar com segurança a compra do seu primeiro imóvel, e veja seu sonho se tornar realidade!

Quer mais dicas para comprar seu primeiro imóvel? Continue acompanhando nossos posts tem muito a ser descoberto para que a compra seja satisfatória! Conte com a gente!

Participe da discussão