Saiba como fazer a compra de um imóvel usando carta de crédito!

Saiba como fazer a compra de um imóvel usando carta de crédito!

Publicado em 24/04/2019

Como o mercado imobiliário brasileiro é muito valorizado, sobretudo nos grandes centros urbanos, muitas pessoas não têm recursos para comprar uma casa ou um apartamento à vista. Diante desse contexto, aprender como fazer a compra de um imóvel usando carta de crédito pode ser fundamental.

O consórcio já é uma opção bastante conhecida e consolidada nesse segmento, sendo uma alternativa bem interessante para quem não conseguiu juntar um montante muito grande de dinheiro, mas não quer abrir mão de adquirir uma propriedade. Confira o conteúdo a seguir e aprenda mais sobre essa modalidade.

O que é uma carta de crédito?

Antes de tudo, você precisa entender muito bem o que é uma carta de crédito, não é mesmo? Muita gente pensa que, ao ser contemplado em um consórcio, o dinheiro é depositado na sua conta. Porém, não é isso o que acontece. O participante recebe, na realidade, a famosa carta de crédito, em um procedimento mais seguro e oficial.

Trata-se de um documento que tem o valor do bem correspondente àquele consórcio, ou seja, se você entrou em um consórcio imobiliário, a carta de crédito é equivalente ao custo de compra de uma casa, apartamento, terreno ou do tipo de propriedade que foi estabelecido no contato de adesão. É uma espécie de “vale-compra” em sua mão.

Para ficar mais claro, podemos pensar no exemplo de um grupo de consórcios de imóveis no valor de 300 mil reais. No momento da contemplação o membro receberá uma carta de crédito exatamente nesse valor, que possibilitará, na realidade, que ele adquira qualquer bem imobiliário de seu interesse com esse preço.

Logicamente, apesar da inflação baixa que estamos vivendo atualmente, é preciso que seja feita a correção devida para manter o poder de compra de todos os participantes. Dessa maneira, o valor da carta de crédito varia um pouco com o período da contemplação, de acordo com os reajustes previstos em contrato.

Como obter a carta de crédito?

O primeiro passo para obter a carta de crédito é estar em dia com as prestações do consórcio, uma vez que a grande maioria das administradoras só permite que os clientes participem de sorteios ou deem lances quando estão adimplentes. Por isso, é fundamental que você avalie o seu orçamento e veja se as parcelas cabem no seu bolso.

Depois, você precisa ser contemplado e, basicamente, existem duas maneiras de fazer com que isso aconteça. A mais comum é por meio do sorteio mensal, mas essa é uma opção que depende da sua sorte e pode acontecer em pouco tempo, assim como pode demorar bastante. A outra forma é juntar um montante de dinheiro e dar um lance.

Como funciona a contemplação?

Agora, chegou a hora de entender melhor como funciona uma contemplação. Conforme explicamos acima, isso pode ocorrer por meio de sorteio ou, para quem tem uma reserva financeira, por meio da oferta de um lance. A partir do momento em que a administradora comunicar a contemplação, é preciso adotar alguns procedimentos.

Além de continuar pagando em dia as prestações que ainda estão em aberto, você não pode ter o seu nome sujo em serviços de proteção ao crédito, como o SPC e o SERASA. Também é provável que a empresa solicite a sua documentação e demande algumas garantias antes de efetivamente entregar a carta, como seu comprovante de renda.

Como comprar um imóvel usando carta de crédito?

Compare e escolha bem a instituição

O primeiro passo para acertar na compra de um imóvel usando carta de crédito é escolher muito bem a instituição que fará a gestão do grupo de consórcio. Antes de mais nada, é preciso que a administradora tenha a devida autorização do Banco Central do Brasil, pois isso é imprescindível para atuar nesse segmento.

Depois, você deve comparar os custos, pois eles podem variar mais do que você pensa. Avalie a taxa de adesão, a atualização do valor das parcelas, a manutenção do poder de compra, a possibilidade de antecipar prestações ou de participar de um grupo em andamento e assim por diante. Analise tudo muito bem antes de fazer a sua escolha.

Solicite a emissão da carta de crédito

Uma vez que a administradora comunicou que você foi sorteado ou que o seu lance foi o vencedor, chegou a hora de você solicitar a emissão da carta de crédito. Como dissemos, para isso, é preciso manter as mensalidades em dia e também apresentar alguns documentos. No entanto, essa não costuma ser uma etapa muito burocrática.

De qualquer maneira, para acelerar o processo, é muito importante que você mantenha o seu nome limpo no mercado e também que você deixe toda a papelada já pronta para enviar assim que isso for solicitado. Guardar os comprovantes das prestações também é interessante para evitar alguma discordância financeira.

Avalie e defina as suas necessidades

Por fim, chegou a hora de você avaliar muito bem as suas necessidades e definir o que você realmente precisa. A grande vantagem de um consórcio é que a carta de crédito pode ser utilizada para a aquisição de qualquer bem ligado ao segmento em questão. Se o grupo for de uma casa, por exemplo, você pode comprar qualquer imóvel, e assim por diante.

Dessa maneira, você deve escolher o que for mais conveniente para o momento. Se houver um empreendimento residencial novo na sua cidade com um bom preço por metro quadrado, você pode direcionar os seus recursos para ele. Da mesma forma, se surgir uma oportunidade em uma unidade usada, você pode optar por essa alternativa.

Como você pôde ver, a compra de um imóvel usando carta de crédito pode ser mais simples do que você pensava, especialmente se você deixar o seu nome limpo e estiver com a papelada em dia. Assim, você otimiza o processo e pode aproveitar o item que você desejava em muito menos tempo!

Gostou de aprender sobre como comprar um imóvel usando carta de crédito? Quer ver outros artigos como esse? Então assine a nossa newsletter inteiramente grátis!

Participe da discussão